Smartphone – Capítulo 03

Olá de novo galera aqui é o furaobil estou postando um novo capítulo de Smartphone, espero contar com vosso apoio e lembrem-se 2 capítulos por dia. Até a próxima.

Tradução feita por (furaobil) – Esse capítulo foi traduzido do Shirogane to Kurogane

Visite nosso site que traduz mangás: OtakuBR – Mangás.


Vol.1 Capítulo 3 – Troca de Roupas

Três horas após conhecer o zanakku-san, depois de muito chacoalho chegamos em rifuretto. Avistamos um soldado. Parecia ser um guarda da cidade. Ele nos cumprimentou, fez algumas pequenas perguntas, e depois disso, entramos na cidade. Pela atitude do soldado perante o Zanakku-san, parece que Zanakku-san é consideravelmente famoso. O carro continuava tremendo quando entramos na cidade. Toda vez que passava por cima de um estrada antiga pavimentada com pedra, o corpo da carruagem balançava repetidamente. Não muito tempo após entrarmos na cidade vimos muitas loja; a carruagem parou na frente de uma dessas lojas depois de entrar na rua principal, que estava cheia de pessoas.

 

[Bem por favor desça será aqui que resolveremos o problema com suas roupas.] Zanakku-san

Zanakku-san disse, e logo após eu sai da carruagem. Vi uma agulha e uma linha que era o logotipo da loja que estava no letreiro e em baixo havia alguns caracteres logo me dei conta de um coisa ruim.

 

[Eu não consigo ler …] Touya

Eu não consigo ler, mas posso conversar e pedir para alguém me ensinar À ler… Eu terei que estudar. Zanakku-san me levou para a loja e vários funcionários de lojas nos cumprimentou.

 

[Bem-vindo chefe.] Funcionários

Por um momento fiquei surpreso com as palavras de funcionários.

 

[Chefe?] Touya

[Esta é a minha loja. Deixando isso de lado, antes de trocar de roupa. Ei, alguém escolha uma roupa que melhor combine com ele!] Zanakku-san

 

Zanakku-san pediu-me para entrar no camarim (eu pensava que o camarim era um monte de cabines dividido por cortinas, mas em vez disso, era uma sala inteira para se trocar) não tive pressa para tirar o uniforme e ir. E, em seguida, vários itens foram trazidos para mim. Para mudar, eu tiro jaqueta o bléiser, gravata e me movo para tirar a camisa. Eu estava usando uma camiseta preta debaixo do meu uniforme, porém, mais uma vez, vi o olhar de admiração do Zanakku-san.

(TN: bléiser é um tipo de jaqueta que teve inicio na marinha veja o link https://es.wikipedia.org/wiki/Bl%C3%A9iser)

[!? Você, você me vender essa cueca?] Zanakku-san

 

Um ladrão.

No final, Zanakku-san me fez vender tudo o que eu estava usando. Quando Zanakku-san me disse para vender-lhe a minha cueca honestamente, eu me senti cansado (Talvez seja melhor que eu senti deprimido) Eu entendo como você se sente Zanakku-san, mas eu gostaria que você entende-se como me sinto. Várias peças de vestuário e calçados são preparados para mim; me surpreendo pois é fácil de se locomover com essas roupas e são robustas; Eu não tenho queixas. Eles não são luxuosas e a sensação áspera é maravilhoso. Isto não irá destacar.

 

[Então, como vou comprar suas roupas? Claro, você pode vender ao preço do peso do fio, mas há algum preço que você tenha em mente?] Zanakku-san

[Apesar de dizer isso … eu não sei o preço do mercado, eu não sei um preço. Tudo isso deve ter um preço elevado, mas … a verdade é, eu não tenho nenhum tostão.] Touya

 

[ohh … isso é lamentável. Ok, o que você me diz de dez moedas de ouro.] Zanakku-san

Só posso aceitar, porque eu não sei o valor de dez moedas de ouro.

 

[Então que assim seja.] Touya

[Ok trato feito.] Zanakku-san

 

Zanakku-san me deu dez moedas de ouro. Cada moeda tem um tamanho quase semelhante a uma moeda de 500 ienes, com algo parecido com um leão esculpido em baixo relevo. Esta é toda a minha fortuna. Vou usar com cuidado.

[Com licença. Mas por aqui teria alguma estalagem para eu passar a noite?.] Touya

[Há uma estalagem à beira da estrada à direita, siga esta estrada. A estalagem se chama ” lua de prata” é só você olhar o letreiro que você achará.] Zanakku-sane encontrará rapidamente

 

Apesar dele me dizer o local eu não posso ler … Bem, então depois eu posso pedir a alguém para me dizer como chegar.

[Eu entendo. Então, aqui estão as roupas.] Touya

 

[Ah se você tiver outra roupa incomum pode trazer para cá que irei compra-la] Zanakku-san

Eu disse adeus a Zanakku-san, em seguida, sai da loja. O sol ainda estava no céu. Eu olhei meu Smartphone e vi que eram 02:00 horas.

 

[Eu pensei enquanto estava na carruagem o tempo do meu celular é o mesmo desse mundo?] Touya

Bem, pela posição do sol, eu não acho que está muito fora de sincronia. De repente eu me lembrei, eu decidi usar o mapa. Depois de abrir o mapa toda cidade apareceu, mostrando minha posição atual e até mesmo o nome completo das lojas foi mostrado. Com isso, eu não irei me perder. A pousada “lua de prata” aparece corretamente. Porém…

Do meu lado aparece o nome da loja do Zanakku-san… “Rei Fashion Zanakku” … estava escrito.

 

Eu comecei a andar em direção a pousada e logo percebi que a capacidade de nomear as coisas do Zanakku-san era um pouco decepcionante.

Anterior | Índice | Próximo

Anúncios

4 respostas em “Smartphone – Capítulo 03

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s