Elf Tensei Vol.01 Cap.06

Acredita q Seta= Cogumelo… Fuck! Minha cabeça doí mais deixo mais um capítulo para vcs Lindos e maravilhosos.

Ps: HAHAHHA, entendi pq o protagonista é overpower……

Qualquer erro tanto na tradução como na ortografia deixem por favor nos comentários avisando.

Tradução feita por (DarkAllone) – Esse capítulo foi traduzido do Unknown.

Visite nosso site que traduz mangás: OtakuBR – Mangás.


Capítulo 6 – Incursão

Assim que me levantei, carreguei a carne do cervo de ontem para a carruagem e sai. Não somente a carne era uma excelente comida, mais também a partir de sua pele pode se fazer roupas grossas para o inverno a partir da pele.

A pele é valiosa em um clima subártico como o da aldeia.

Depois de uma corrida de aproximadamente quatro horas, a base de suplementos que estava a 10Km foi alcançada, já que os cavalos estavam em seus limites, sai da carruagem, e então falei para Lucie esconder os cavalos  e a carruagem na floresta que nos cercava.

 

“Syril, nunca, nem que você queira, não morra”

“Claro, eu não vou me esquecer de trazer uma lembrança.”

 

Devo recuperar comida suficiente para a aldeia, para sobreviver ao inverno a todo custo.

 

“Vem aqui por um momento.”

 

Fui até Lucie, enquanto guiava o cavalo, porque Lucie estava caminhando e ao mesmo tempo estava tímida.

Então, Lucie inclina ligeiramente sua cintura, e seus lábios são pressionados contra minha bochecha.

 

“É um feitiço para que volte são e salvo.”

 

Lucie disse isso rapidamente e também rapidamente desviou seu olhar.

As orelhas são um pouco mais longa que a dos humanos, sua pele e parcialmente branca também, seria fácil perceber quando seu rosto se torna vermelho, sua expressão é rapidamente eliminada.

A minha cara também estava envergonhada.

“Quando voltar, te pedirei um beijo nos lábios. Porque assim, me inspirará a trabalhar mais duro.”

A tímida Lucie é muito linda, assim que a provoco um pouco.

 

Quanto a mim, avancei na direção oposta a Lucie com o fim de cumprir minha tarefa.

 

“Espera,  Syril, eu, ainda não te dei uma resposta!”

 

Atrás de mim, escudo a voz em pânico de Lucie.

Parei e olhei para trás.

 

“Prepare-se, porque sua língua será usada.” (Dark: imaginei aquela musiquinha do turn down alguma coisa junto com a explosão dos power rangers.

 

Lucie ficou superaquecida por receber meu ataque final.

Olhos aguados, cara vermelha brilhante, e também pareceu que começou a sair um pouco de fumaça da sua cabeça.

Só um pouco, mais ri alto.

E então, comecei a caminhar de novo.

 

“Syril, errr bom, hm, assim, uu…… volte são e salvo e então…”

 

Atrás, escuto uma voz que murmurava algo em voz baixa, e os passos do cavalo diminuíram. Sem voltar a olha para trás, acenei minhas mãos.

É porque os pensamentos estavam agitados não olhei para trás novamente.

Depois de um tempo, se tornou impossível detectar a presença de Lucie.

 

“Não posso me dar ao luxo de morrer.”

 

Se morro sem conhecer os lábios de Lucie, isso seria, um mortificante arrependimento que valeria por dez vidas.

 

“Por tanto, vamos levar sério.”

 

O poder mágico interno, Odo, é substancial. Com uma alimentação adequada, e o descanso que consegui na carruagem foi mais que o suficiente. E acima de tudo, a promessa com Lucie me deu mais força.

Ao mesmo tempo em que dei um passo a frente, fortaleci meus músculos ao coletar a mana do vento, uma rajada é criada e meu corpo fica no seu centro.

Avancei uns 5 metros um passo.

Repito isso, 2 passos e logo 3 passos, mantendo um ritmo constante.

 

Com um consumo mínimo de magia, contando com uma velocidade de 80Km/h, esse é um feitiço feito para correr em altas velocidades. Ele mesmo ignora a eficiência do Maryoku [Poder Mágico] ao redor, e a velocidade continua se elevando.

Enquanto corria, comprovei o estado do meu corpo.

 

“A magia única é utilizável.”

 

Minha magia única. Invocar o meu passado (Dark: restaurar e usar a magia de suas reencarnações).

As pessoas comuns, no máximo deixaram seu corpo original ao limite, e isso é uma magia inútil. Sem engano, eu posso escolher qual poder quero usar entre minhas 30 vidas, vividas até agora.(Dark: agora faz sentido…. protagonista Overpower…)

 

Fui um dragão, uma vez um vampiro, fui um humano que superava os humano ( High Human – New Gate glr q já leu sb), obtive o corpo de uma máquina, teve até um tempo que fui o Maou (Dark: Rei demônio, Senhor demônio, Diabo), as opções são numerosas.

 

Mas, requere um mínimo de poder mágico e força física, para aguentar a presença de invocação, isso seria o requisito mínimo.

Meu corpo não pode aguentar a reestruturação dependendo de quem escolho do meu passado.

 

Os que são superiores a mim hoje, em capacidade de combate, são 9 pessoas. Entre eles, por agora, os que posso chamar, são somente 3. Os outros 6 restantes, não podem ser invocados sem suficiente Maryoku ou força física. Serei capaz de dominar todos mais tarde se me empenhar no treino.

 

Escolhi o mais adequado para  a minha estratégia entre essas três pessoas .

Eu escolhi, a pessoa do da 18° reencarnação, quando minha alma nasceu em um antigo mundo onde poderia considera-lo sendo somente como de um jogo.

Ele é o mais conveniente, e também o que é utilizado com mais frequência.

 

Depois de correr durante uns dez minutos, a base de alimentos apareceu no meu raio de visão.

 

「【Chikaku Kakuchou】」 (Expansão dos Sentidos)

 

O mana do vento e meus sentidos se fundem.

O tamanho da base: 300m x 200m. A porta é de ferro e esta rodeada por muros de pedra. O edifício é feito de tijolos e cal.

Existem cerca de 300 humanos  em seu interior.

Essa base de abastecimento é um é um obstáculo, porque também é uma fortaleza para proteger o continente do império de outros grupos.

 

Com 【Chikaku Kakuchou】 as posições dos soldados inimigos foram vistas,  a posição dos soldados coincidia exatamente com as informações extraídas pela tortura.

O lugar onde a comida e as armas estão armazenadas, é um pouco improvável estar no mesmo lugar que os cavaleiros disseram.

 

“Liberte-se, Minha Alma. O tempo de um passado distante, e o caminho que ficou para trás, se encontram, Aqui e Agora!” (Dark: aquela mudada básica pra deixar no estilo chuunibyou)

 

A diferença da magia de atributo, e a magia única e que a magia única usa 100% do poder mágico que alguém tenha dentro de seu corpo é consumido para usá-lá, de modo que o Maryoku Odo interno tem que ser grande.

Converso fortemente comigo mesmo para começar a conjuração.

 

“Meu desejo é, o Cavaleiro que continuou sendo virtuoso em um mundo de vaidade, seu nome é…..”

 

Um antigo nome. É muito nostálgico quando o digo em voz alta.

 

“Deet! 【Rinne Kaiki】”(Dark: Volta para a reencarnação)

 

Meu corpo é envolvido em luz.

A Magia Única 【Rinne Kaiki】 é ativada.

Depois que a luz já havia desaparecido, meu corpo ficou equipado com uma armadura de aço e um elmo, e em cada mão tenho uma espada, combina com a aparência de um cavaleiro.

A diferença entre a Magia Única e a Magia de propósito geral, e que ela não pode ser produzida, e inclusive a teoria por trás dessa magia ainda não é entendida, no entanto podemos usá-la.

Mesmo que eu não consiga aplicar a formula de feitiço por mim mesmo, não entendo que tal milagre seja possível (Dark: tipo o canto brota na cabeça dele qnd ele quer usar sua magia). Consigo isso graças ao modelo que está gravado previamente em minha alma (T_T)

 

“Um corpo nostálgico.”

 

As orelhas pontiagudas que são uma característica dos elfos se tornaram redonda, e tanto os olhos azuis como o cabelo loiro, ambos se tornaram negros.

A figura era um pouco parecida com um soldado do império.

 

“Um equipamento para um principiante de nível 14…. parece que o eu de agora só consegue reproduzir essa quantidade. O efeito deve ser de 48 minutos. É suficiente.”

 

Examinei o estado do meu corpo.

Ele estava com a aparência de Deet no nível 14.

No mundo em que só podia se pensar que era um jogo,mesmo alcançando o nvl 99, eu não consigo usar todo minha força agora. O poder mágico seria sugado em um instante, se isso acontecesse agora e com a quantidade de poder mágico que tenho, poderia considerar como minha morte certa. Por tanto, invoquei meu poder passado na quantidade correta, para que, isso não acontecesse.

 

“Aqui vou eu.”

 

Com um sorriso valente, comecei a correr com um amplo sorriso.

A uma velocidade de uns 60Km por hora.

Deet tem a capacidade física correspondente ao status dentro de um jogo, onde o poder e o ataque foram evoluídos. No nível 14, a capacidade física é quase 5 vezes maior que o de uma pessoas comum.

No entanto, se torna deprimente já que o controle mágico está em um nível de homens ordinários, essa é uma desvantagem que nem querendo que posso melhorar.

Com o impulso sobrante da corrida, invadi e derrubei a porta de ferro.

A pesada porta de ferro, que normalmente não se abriria sem a ajuda de 20 pessoas, com o meu poder combinado de alta velocidade e as melhoras em minhas capacidades físicas seria, possível derrubá-lo.

 

“Não pode ser, por que há um intruso! O portão?!”

 

Normalmente, enquanto os soldados veriam a portão de ferro sendo destruído, eles preparariam seus arcos desde que o posto de vigilância lhe dariam a informação de um intruso.

Entretanto, eu estava correndo a toda velocidade para a base.

 

Alguns segundos depois recuperaram seus sentidos e a campanhia instalada no posto de vigilância foi golpeada, e soltou o som do alerta.

 

“A porta foi derrubada!”

“É um intruso.”

“Seus números?”

“É somente uma pessoa.”

“Somente uma? A porta não se abrirá! De a informação correta!”

 

O corpo reforçado facilmente capta as vozes dos soldados.

【Chikaku Kakuchou】(expansão da percepção) por mais que eu queria usá-lo e combiná-lo, estou no corpo de Deet, sua afinidade com magia do vento é ruim, e para compensar seu controle de magia não é de primeira classe, se tornou difícil, porque não obtenho um rendimento satisfatório, estou rindo de mim mesmo.

 

“Não tenho tempo. Irei pela rota mais curta!”

 

Quando gritei, corri em linha reta em direção ao edifício que armazenava a comida.

Com sua quantidade de soldados não penso, que serei descoberto pelo inimigo.

Por tanto, só posso correr até o fim.

 

“HIIIII”

 

Por casualidade, um soldade que estava no caminho, gritou com surpresa pela minha velocidade.

Com uma das espadas que segurava, cortei a cintura do bom soldado.

A espada empunhada por uma força 5 vezes maior que a de um homem adulto, abre o soldado em dois.

Com esse tipo de força, normalmente a borda da lâmina cegaria, e em pior dos casos, poderia até quebrar. No entanto devido as especificações do jogo, minha amada espada não se quebrara, inclusive uma de suas funcionalidades reproduzidas fielmente, foi a de que nem sequer permite que o sangue se adere a ela.

 

Do corpo do soldado, uma partícula de luz azul é gerada e absorvida por mim.

“Nada mal. Meu corpo atual tem pouco poder mágico. Permitam-me complementá-lo.”

 

Uma das razões por que amo Deet é essa.

Em seu mundo, para conseguir a experiência para subir de nível era, necessário derrotar seu inimigo.

Minha magia única, até reproduz a função de fazer que as almas de meus inimigos derrotados se tornem minhas.

 

O poder Mágico é também o Poder da Alma. Normalmente ela não melhora. Se tem algum treinamento especial, pode até ser melhorado, mais não é muito.

Mais, com o 【Tamashii Kui】 (devorar almas) de Deet é possível aumentar meu poder mágico se fortalecer minha alma ao absorver as almas das pessoas que matei.

Infelizmente, o poder mágico ganho através desse método, não pode ser passado ao eu de agora (Syril), a ao contrario do conhecimento e das memorias, mas em todo caso esse método é útil para me tornar forte em qualquer mundo.

 

“Dois, três, quatro!”

 

Avança matando cada soldado que entra no meu caminho para o armazenamento.

Apesar de ser uma luta, não pode ser chamada como tal, já que se tornou mais um massacre unilateral.

Devido minha velocidade muito rápida, os soldados daqui não podem me capturar. E ainda, sucessivamente com um único golpe parto um soldado em dois, inclusive com armadura.

 

E ainda, enquanto mato, me torno mais forte.

Meu cérebro está a ponto de queimar graças as sensações de prazer.

Há duas razões para minhas ações se destaquem ao ponto onde o perigo está sendo infligido deliberadamente.

 

A primeira delas, se me movo de uma maneira chamativa, não se preucuparão com os caleiros que não voltaram da aldeia dos elfos. Se a uma incursão e a base de suplementos, seja devastada ao ponto de destruição, um problema em que poucos soldados não voltem, seria trivial (idiota). Eles dariam prioridade a medidas contra o agressor.

 

A segunda, é que estou furioso. Quero limpar as mortes dos elfos que foram sacrificados até hoje. Especialmente a avó que criou eu e Lucie. E já que estava tão apegada a mim, a irmã menor de Lucie, Rikka. Não posso perdoa-los por assassinar minhas pessoas queridas só para arracar o coração e obter uma pedra mágica. Nesse caso 【Tamashii Kui】 vou atrair todos esses lixos e mata-los.

 

“Oiiii, que classe de monstro é esse!”

“Não é possível ganhar?”

“Huid, se distanciem e ataquem com o arco. Se o rodeamos com disparos, esse monstro não será capaz de se esquivar!”

 

Em segredo ele disse a resposta certa.

Certamente, um assalto desse por todas as direções não seria evitável.

Os soldados no posto de vigilância, que tinham parado de atirar por medo de atravessar seus aliados, sacarão uniformemente (todos) os arcos.

Sobre a coisa de ser capaz de se esquivar, mesmo que algumas flechas sejam destruídas pela minhas espadas, ainda assim, algumas conseguiriam me perfurar.

Lamentavelmente, uma de suas flechas acertou meu olho.

Os olhos são um ponto vital que um humano não pode voltar  a regenerar (Dark: ele perdeu o olho do Deet ou o dele?????)

 

“Conseguimos!”

 

Alguém de onde se encontrava os soldados inimigos diante de mim. Disse tal coisa com um sorriso sobressaltante.

 

“Nos conseguimos!”

 

Então, sua alma foi tirada. No mesmo lugar, o matei com um corte giratório que involuntariamente levou varias outras pessoas ao seu redor.

 

“Meu corpo, esta um pouco tenso…”

“Isso, isso é impossível, repelindo mesmo que a flecha tenha atingindo seu olho!!”

“Não pode existir tal criatura.”

“É o diabo, é o diabo!”

 

Com o poder defensivo do meu corpo mais o poder defensivo da minha armadura eu quase não tomo dano nenhum.

E não existe uma parte vital em Deet por suas próprias habilidades especiais.

Mais no geral, não importa quanto treine seu corpo, seria uma morte instantânea se um disparo atravessar sua cabeça, o coração e os olhos.

 

Mas, onde quer que Deet receba um ataque, uma ferida torna-se um arranhão e apenas o valor imaginário do Hp é diminuído.

Entretanto eu morro se isso desaparecer, mais meu movimento não será afetado até que a ultima parte daquela barra ainda continue. Não há dor. Eu não me canso.

O inimigo deve achar que a minha presença é a de um ser imortal.

Enquanto a outra parte for fraca Deet é invencível.

 

Um poderoso inimigo que não  pode opor-se (ir contra) meu reforço corporal não pode ser considerado meu rival, e no momento em que entrar na minha linha de visão seu Hp se tornará 0. No entanto, a magia mais poderosa do meu arsenal, expõe uma fraqueza fatal sem ser capaz de ser usada adequadamente.

A parte de um formidável inimigo como adversário, o 【Rinne Kaiki】(Recursão a Reencarnação)  (Dark: recursão seria uma coisa de reajustamento, ou seja ele reescreve o corpo dele para que seja igual ao de uma reencarnação anterior.)

Matei consecutivamente mais alguns 30 soldados, e finalmente cheguei ao armazém que guardava a comida.

Bati a parede com minha espada para rompê-la e entrei em seu interior.

 

“Maravilhoso.”

 

Involuntariamente levantei minha voz.

Havia mais comida do que eu esperava. Observando seu interior, calculei que seriam aproximadamente umas 4 toneladas de trigo. Tinha também algumas coisas interessantes. As batatas e feijões, que não são cultivadas na aldeia e o Hidro mel ( Dark: é uma bebida alcóolica com um teor entre 10 a 15% de álcool, e que é obtido a partir da fermentação de agua e mel.) E ainda tinha sal, e em grandes quantidades, fiquei muito feliz.

Essa é uma forma de controle realizada pelo império.

 

A base de abastecimento daqui parece ser um terminal, aonde estão os impostos espremidos de várias outras aldeias.

Mais, ao fazer com que uma aldeia se concentre em apenas um cultivo para melhorar a eficiência, as coisas necessárias para a vida tem que ser enviadas pelo império periodicamente.

Aumentando a carga tributária, eles construíram uma estrutura que não seja capaz de causar uma rebelião porque não conseguem viver sem os suprimentos enviados pelo império.

Mas, no entanto, é necessário ter uma grande reserva de alimentos.

 

「【Item Box】」(Dark: O famoso armazém infinito, mais aqui a tradução se leva como “caixa de itens”)

 

A comida pode ser coloca na caixa de itens (ou objetos). Essa também é uma habilidade que só pode ser usada por Deet, esta é a maior razão pela qual escolhi ser ele hoje.

A restrição de peso no mundo do jogo, não poderia ser considerada como um grande problema já que o armazém, era capaz de suportar um máximo de 4000 (Dark: ele não fala o que: K, toneladas, ou gramas….. Fuck meu cérebro bugou), na realidade  1 é 1 KG, e por conversão 4 toneladas podem ser livremente armazenadas. As coisas que coloco no 【Item Box】  ,  podem ser recuperadas a qualquer momento, e não estragam já que o tempo para quando colocados nela.

 

É uma habilidade muito útil com a única restrição de que os seres vivos não podem ser colocados dentro.

 

“Agora bem, peguei tudo. Devo ir ao das armas agora?”

 

Já que estava recebendo as flechas dos soldados que me rodeavam por atrás, enquanto levava aproximadamente umas 3 toneladas de alimento, decidi derrubar aquela porta também.

Os soldados claramente não se preocuparam em levar as armas pesadas do império para o campo.

 

Depois de usar 【Rinne Kaiki】, outros 30 minutos já haviam se passado. Voltarei a minha forma original em 18 minutos.

Se isso acontecer só me restará a morte. Não posso escapar daqui com o poder do corpo de Syril de Agora.

 

Corto os inimigos e vou em direção, ao armazém de armas correndo, e no final o encontro trancado, então entrei derrubando a porta.

 

“Quantas armas de ferro! Com era de se esperar do Império!”

 

Inclusive para os soldados subordinados, apesar de serem inferiores, havia expectativas porque estavam equipados com armaduras de ferro, por tanto quando vejo um conjunto de 50 pares de armaduras e espadas dispostos no arsenal. Mesmo se somente um conjunto pessase cerca de 30 kg, eu ainda poderia tomar 30 deles.

Há tanto que posso fazer, inclusive se eu só obtenho o metal. Também é possível eu fazer as armas, tornando uma base para melhorar nossa qualidade de vida.

 

“Bem agora, tenho que aliviar um pouco a carga na minha frente.”

 

Os soldados que foram colocados na caixa de itens, peguei eles e os misturei com os corpos dos soldados que foram massacrados no meio do caminho.

Mesmo que a esperança seja pequena, seria bom se eles fossem confundidos com os que morreram, nessa incursão.

No entanto, é uma pena que as marcas de tortura do corpo do capitão, eram tão graves que não podiam ser escondidas.

 

“Agora que consegui a mercadoria, deveria voltar.”

 

Hoje, 3 toneladas de alimentos e 1  tonelada de ferro foram conseguidas.

Se existe quase, 3 toneladas de alimentos, sera um mês de alimentos para 200 aldeões. Com as reservas da aldeia, e se caçamos alimentos durante o inverno, podemos sobreviver adequadamente durante ele. Também haviam cultivos interessantes que poderíamos cultiva-los e colhê-los na aldeia a partir de 3 meses, dependendo de uma certa invenção. 1 tonelada de ferro, da para fazer muita coisa: armas que penetrem as armaduras, reforçar as ferramenta agrícolas de madeiras usadas na aldeia, fazer alguns arames farpados, devo utiliza-lo com cuidado porque tenho uma grande variedade de usos importantes que se acumularam.

 

“Tenho que me preparar>”

 

Enquanto dizia isso, derrubei com um chute uma parede e sai correndo, ao mesmo tempo em que recebia uma chuva de flechas, mesmo assim continuei e matei mais algumas dezenas de pessoas até o portão. (Dark: sinceramente… Sem contar mais tipo ele disse que tinha 300 pessoas, quantos vc acha q ele matou, do meu ponto de vista já ta tudo morto.)

Escuto passo de cavalos atrás de mim, mas isso é inútil.

O eu de agora (Deet) é mais rápido que um cavalo.

 

No entanto, eu ainda corro com toda minha força. Deet tem um pouco mais que quatro minutos restantes. Seu consumo é mais intenso do que eu pensava.

Quando pensei no sorriso de Lucie, eu me tornei cheio de energia, mesmo que só um pouco.

 

Ainda não. Não posso morrer sem tocar seus lábios. Cabelo negro se torna um cabelo loiro – Olhos negros voltam a ser olhos azuis, e a armadura desaparece.

De Deet, volto a ser Syril.

Ao mesmo tempo em que todo meu corpo é afetado por um cansaço terrível. Essa é a evidência que o Maryoku foi esgotado. E ainda, a chegada de volta do 【Rinne Kaiki】. A alma está chiando. Estive ao ponto de quase deixar um grito escapar.

 

“Por Deus, o tempo de uso está muito mal. Mas, é muito bom que os perseguidores estejam completamente dispersos no momento em que o meu limite foi alcançado.”

 

【Rinne Kaiki】 sugou todo meu poder mágico. E ainda, depois de usá-lo uma vez, não posso usá-lo de novo durante 12 horas no mínimo.

Mesmo se eu usar o feitiço, para me tornar o eu do passado, ainda continuo sendo Syril. Quando ocorre um desvio de alma, então  o corpo sofrerá como um resultado, criando uma carga em ambos lados, da alma e do corpo. Essa magia é uma arma de dois fios que pode destruir minha própria existência.

Para isso supostamente acontecer, tenho que ter um uso continuo. Além disso, no pior caso em que eu o use mais de uma vez, não terminaria somente com minha morte, possivelmente, poderia causar danos a minha alma, até o ponto em que não conseguiria mais reencarnar.

 

「【Chikaku Kakuchou】」

 

Magia de vento dos elfos, é a única magia que eu pratiquei, porque o mana do vento, inclusive a que o eu de agora, consegue usar.

Consigo achar Lucie com a magia.

Um passo, dois passos, três passos. Cada passo pesava muito, mais eu tinha que continuar.

O tempo que passou parecia ter sido uma eternidade e então, por fim cheguei aonde a carruagem de Lucie estava me esperando.

São 2 horas da manhã. A hora em que todos estão dormindo.

No entando, Lucie estava envolta de um manto fora da carruagem me esperando.

Ela não ascendeu uma fogueira porque os perseguidores inimigos poderiam nota-la, por isso ela deve estar com bastante frio.

 

“Syril! Você está a salvo. Estou tão feliz!”

 

Lucie se apressa e me abraça.

Devido ao vento frio da noite na floresta, o corpo de Lucie está frio.

Mas, ainda assim seu abraço e mais quente do que qualquer coisa.

“Olhe, eu disse pra você que não me machucaria. Devo ter te preocupado atoa.

“Sim, muito, estava completamente preocupada.”

 

Lucie aperta sua cara contra meu peito. Sinto a sensação de água fria. Quer dizer que Lucie está chorando.

 

“Seria impossível para mim morrer. Além disso, não quer me perguntar se a apreensão (Dark: uma maneira mais bonitinha de dizer roubo aqui) dos alimentos não foi bem?”

“É bom saber de tal coisa, mas sempre e quando Syril estiver bem!”

 

No lugar da aldeia, me alegro de que ela pensa que em mim como o mais importante.

 

“Estou bem. E também tomei a comida adequadamente. Até que Lucie não me dê um beijo, não posso morrer.”

“Whaaa, estava falando sério?”

“Sim, a sério. Claro, se Lucie não quiser não a forçarei.”

 

Quero beijar a Lucie, mas posso perder tudo se eu desagradar ela.

Quero estar conectado com Lucie e seus sentimentos.

 

“Bom. Se for o Syril.”

 

Levantei o rosto de Lucie que havia sido enterrado em meu peito. Olhos úmidos de lágrima e bochechas manchadas de vermelho.

 

“Obrigado, Lucie”

 

Como disse, somente um beijo em seus lábios.

No entanto não há sentimentos sexuais por trás dele, existe um sentimento quente. O sentimento de estar vivo.

Os sentimentos que estavam acumulados vieram a tona.

Vamos adiar o uso da língua dessa vez. Esse sentimento é o suficiente.

 

“Syril, esse foi o meu primeiro beijo. Assuma a responsabilidade”

“Com muito prazer, minha princesa.”

 

A força de meu cor me deixou ao mesmo tempo que as palavras.

 

“Syril está bem?!”

 

Ao mesmo tempo que apoiei em Lucie ela, me perguntou ansiosamente.

 

“Não se trade de uma ferida ou doença. No entanto, o Maryoku está esgotado, esse é o efeito de eu ter usado minha magia única, para ser honesto, não posso conseguir mais tempo consciente.”

“Então é isso, você não está bem depois de tudo, não está nada bem!

“Vou me recuperar depois de dormir. E claro, se eu não dormir não vou me recuperar. Durmirei mais ou menos umas por oito horas, vou ter que ser levado e colocado na carruagem, e também coberto, já que não quero pegar um resfriado”

 

Lucie escondeu a carruagem no meio da densa floresta, quando estávamos fugindo por um momento, pude me sentir mais em paz quando fomos na direção oposta da aldeia dos elfos, para a direção da camuflagem.

 

“Espera aqui sem se mecher até que eu me levante, e se um soldado vier, deixe-me na carruagem e fuja. Vai ser bom se a única pessoa que escapa é Lucie. Não há nenhuma maneiro deum elfo ser pego na floresta”

 

Meu limite vem até aqui.

Perdi minha consciência com essas palavras.

 

Anterior | Índice | Próximo

Anúncios

Uma resposta em “Elf Tensei Vol.01 Cap.06

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s