Tensei Shitara Slime Datta Ken – Capítulo 01

Olá, estou postando o primeiro capítulo de Tensei Shirata Slime Datta Ken. Caso encontre qualquer erro tanto na tradução como na ortografia deixem por favor nos comentários avisando.

Tradução feita por (Shinchan) – Esse capítulo foi traduzido da Guro Translation.

Visite nosso site que traduz mangás: OtakuBR – Mangás.


VEJAMOS O QUE POSSO FAZER

POV SATORU

Está bem escuro…

A escuridão está envolvendo tudo, me impedindo de enxergar qualquer coisa. Onde estou? E aliais… O que está acontecendo? Não, havia alguém rindo de mim, chamando-me… Sábio? Não… Grande sábio?

Com estes pensamentos, acabei recuperando a minha consciência.

Meu nome é Mikame Satoru, 37 anos de idade, e sou um bom rapaz. Enquanto eu impedi que apunhalassem o meu amigo quando andávamos na rua, fui esfaqueado em seu lugar por um marginal de rua.

Certo… agora me lembro… está tudo bem… não devo ficar com medo…

Espere! Sério? Como é possível alguém tão legal como eu ter medo? Hah… Isso é tão improvável quando uma criança do fundamental cagar em suas calças!

Como tratei de observar o que estava ao meu redor, finalmente dei-me conta, não consigo abrir meus olhos… Estão apenas ignorei isto e tentei tocar a minha cabeça… percebi que meus braços não respondiam aos meus comandos. O mais surpreendente é o fato de que eu não sei onde minha cabeça está.

Muito bem, é hora de entrar em pânico! Ei, ei… me dê um tempo! Apenas um segundo… Deixe-me recuperar o folego, as pessoas não falavam que em momentos como este não deveríamos contar os números primos, certo?

(1,3,5… AAAAAA)

Errado! Isso não está certo! O número um não é um número primo, certo? Não, não, quem se preocuparia com isso agora! Não tenho tempo para pensar num absurdo desses. Quero dizer, não estou com problemas?

a… AH? Mas que diabos está acontecendo!?

Talvez … Devo dizer, já não é tão tarde demais para entrar em pânico? Eu acalmei os meus pensamentos, e confirmo que não sinto nenhum tipo de dor. Indolor… Isso parece muito bom! Não sinto frio e nem calor também, na verdade, o ambiente é bastante confortável aqui.

Posso relaxar um pouco por causa disso.

Em seguida, vamos rever minhas extremidades. Vá se foder, eu não consigo mover nenhum dedo, eu nem posso mover um músculo! … Como isso pode acontecer? Não é como pudéssemos perder os braços e pernas apenas por ser esfaqueado… então… O que aconteceu?

Mesmo assim não consigo abrir os meus olhos, e sem ver nada, estou numa completa escuridão. O medo e ansiedade começam a percorrer lentamente meu coração. Isso poderia ser … o que as pessoas chamam de estado vegetativo? A consciência não consegue perceber os terminais nervosos e permanecemos imóveis… Então é assim que nos sentimos quando isso acontece?

Não, não, não, não! Por favor, isso não pode ser verdade! Quando pensei que estava salvo… estou num estado vegetativo? O que poderia ser pior? Mesmo ficar paraplégico seria aceitável! E sim, ambos os resultados se tornaram terríveis, mas, continuo sozinho nesta escuridão, sem meus sentimentos… não é o mesmo que estar no inferno?

Depois de ter imaginado o pior cenário, o pânico transformou-se rapidamente em desespero. Quando penso sobre isto, diziam que, quando as pessoas estão confinadas na escuridão, elas rapidamente ficam loucas… E por acaso não estou dentro desse ambiente agora mesmo? E nem mesmo posso me matar! Em vez de me desesperar, tudo o que posso fazer é enlouquecer, certo? E então…

* Tocar *

Havia uma sensação de toque.

Hmm? O que é…

Toda a minha atenção estava focada em sentir esta sensação, foi como um golpe direto na minha barriga (??), senti algo que parecia ser grama. Então, novamente comecei a me concentrar nesta área, pouco a pouco, consegui distinguir a forma do meu corpo. E era certo, que a grama estava me dando uma sensação de espinhos contra o meu corpo.

Isso acabou me deixando feliz, contudo, eu ainda estava numa completa escuridão e ainda recuperando apenas um dos meus sentidos, mas por fim, posso sentir alguma coisa novamente. Era divertido, então decidi tentar ir até esta grama.

* Zururi (Escorregar)*

Pude sentir o meu corpo se movendo.

Eu me movi?

Neste momento, eu já estava ciente que não poderia estar em cima de uma cama de hospital. Abaixo de minha barriga eu podia sentir alguma coisa dura… (Shinchan: ( ͡° ͜ʖ ͡°)) Talvez uma pedra? Então é isso… mesmo não entendendo muito bem, certamente não estou em um hospital.

Não estou escutando nada, poderia eu, ter ficado surdo?

Mesmo não sabendo se eu estava avançando ou não, eu ainda não conseguia sentir a minha cabeça. Depois de tudo me movi em direção ã grama, irei aprender mais sobre eu mesmo através do contato.

Sem nenhum cheiro no ar? Será que eu também perdi o olfato?

Fala sério! Eu realmente não consigo entender o formato do meu corpo, realmente não quero aceitar… Mas minha aparência se parece com algo macio e gelatinoso, como esses tipos de monstros que são famosos nos jogos de RPG. Já faz um tempo que estou mantendo esta possibilidade no lugar mais profundo da minha mente.

Não, não… não tem como! Quero dizer, não importa como… Isso simplesmente não pode ser…

Por um momento, vamos pôr o medo de lado.

No entanto, decidi verificar o último dos meus sentidos que eu havia ignorado até agora. Mas… eu nem mesmo sei onde está minha boca. O que devo fazer?

<< Ativar habilidade única [Predador]? [SIM] / [NÃO] >>

De repente escuto uma voz atrás de mim.

O que foi isso? Habilidade única [PEDRADOR]? O que era esta voz?

Parece que eu havia escutando uma voz estranha quando estava com Tamura também, estou escutando coisas hein…

Será que tem alguém aqui? Entretanto, de alguma maneira isto parece não se encaixar. No lugar de haver alguém aqui, estas palavras pareciam ter saído de minha mente… Está voz carecia de emoções, parecia até uma voz que se originou de um computador, para ser mais exato, parecia ser uma voz sintetizada. (Shinchan: Tipo a voz do google tradutor)

Por hora… [NÃO]! Será a minha resposta.

Sou um japonês que pode dizer não depois de tudo, pensei na palavra [NÃO] em minha mente e esperei por uma resposta, mas, não houve nenhuma. Esperei um pouco, mas não escutei nada. Parece que não conseguirei que me pergunte algo novamente… Será que escolhi errado? Será que este seria um jogo que termina quando eu não escolho [SIM]?

Pensei nisso como se fosse um RPG onde a mesma pergunta iria se repetir até que escolhêssemos a resposta [SIM], suponho que eu deva estar equivocado. Fazer uma pergunta e depois ir embora… Que sujeito grosseiro! Mas confesso, ouvir uma voz me deixou muito feliz e acabei me arrependendo da escolha que fiz.

Bom, não posso fazer nada agora… Acho que vou voltarei a tentar descobrir algo novo.

Movi o meu corpo até aquele pedaço de grama. Ao verifica-lo com o meu sentido de tato, inclinei meu corpo em sua direção e envolvi este objeto em meu corpo para confirmar o que era… E de fato eu estava certo, isto é grama.

Enquanto eu tocava a grama, a parte que estrava em contato com o meu corpo derretia. E enquanto eu estava preocupado que meu corpo havia se dissolvido, parece que tinha sido apenas a grama. Então, entendi que quando a grama se dissolve ela se funde ao meu corpo, aparentemente, a grama se derreteu ao entrar no meu corpo. Em outras palavras, em vez de “agarra-lo”, parece que eu à comi de propósito… não tinha sabor.

Isto é, em outras palavras, fazendo esse tipo de coisa… Eu não devo ser mais um ser humano. Quero dizer, parece que eu morri pelo ferimento da faca, certo? E não foi uma pergunta, estou completamente certo sobre isso. Ao invés de uma cama de hospital, posso dizer com confiança que estou em algum lugar onde a grama cresce!

O que aconteceu com Tamura? E Sawatari-san? Será que ele excluiu os dados do meu PC corretamente?

Algumas suspeitas ainda permanecem, mas, se preocupar com isso não irá me ajuda em nada nesse momento. Eu tenho que decidir o que farei daqui para frente. Na verdade… espere um pouco… Neste momento… será que pode ter acontecido algo comigo? E, por sinal, o que foi esse sentimento de antes!?… Voltei a concentrar a minha consciência em mim. (Shinchan: Ele está “meditando”)

* Puyon Puyon (Geleia caindo ou pulando) *

Meu corpo se move com movimentos uniformes, e, nessa profunda escuridão, levei algum tempo para consegui descobrir a minha aparência. E…

Que descoberta! Eu costumava até ser bonito, mas agora… Eu tenho esse estilo elegante com este design sofisticado! (Shinchan: ^^?)

Bah, você é um idiota!? Não quero aceitar isso!!!

De tudo o que eu tenho acumulado no meu corpo… parece haver apenas uma descrição apropriada… Não, não, você já sabe! Essa descrição!

Não a odeio, sabe? Sim… Alguns pessoas podem até considerá-lo bonito, depois de tudo. Mas ei… Se você perguntasse à elas [Você gostaria de se tornar um?]… Tenho certeza absoluta que 90% das pessoas responderiam do mesmo jeito. Entretanto… tudo o que posso fazer é aceitar esta situação.

Parece que eu reencarnei como um slime…

*Mosha, mosha*

*Mosha, mosha, mosha*

Aceito bem rápido a nova situação xD, e “mosha” é eu comendo alguma coisa crocante

Estou comendo grama.

Por que você pergunta? Não é óbvio?

É PORQUE EU NÃO TENHO NADA PRA FAZER!!!

Desde que eu me aceitei, embora relutantemente, o fato de eu ter me tornar um Slime, um dia já se passou. A primeira preocupação em minha mente era comida, é claro. Primeiro tentei verificar se esse corpo de gelatina poderia sentir fome. Para isso, eu verifiquei meus arredores e encontrei um lugar onde a grama parecia ser mais abundante.

Com essa observação, devo me assegurar que uma erva esteja ao meu lado, quando eu precisar comer, e a sua seiva parece ser útil de alguma maneira. Estando preso nesta completa escuridão, eu me sinto muito afortunado por tê-las tão perto de mim. Inclusive um simples movimento poderia me causar morte. Então, vamos experimentar. Depois de contar aproximadamente cinquenta mil, fiquei aborrecido.

Tentei ver se eu podia dormir, mas eu não me sinto nenhum pouco cansado. Eu tentei contar os números primos, mas eu não sabia como continuar… então eu desisti. Jogar Shiritori com si mesmo também é inútil… Será que existe uma maneira de matar o tempo estando sozinho?

(Shinchan: Shiritori =しりとり. é um jogo de palavras com regras bem simples: um jogador começa com uma palavra. cada jogador deve continuar com outra que comece com a última letra (sílaba) da palavra anterior. só valem substantivos)

Se houvesse internet, eu poderia matar o tempo sem parar; jogando jogos no celular… Mas isso… isso é tortura!

Meditar como um monge ascético é impossível para um iniciante como eu, mas ainda estou inseguro sobre algo: Onde estão os animais? Não avistei sinais de nenhum deles até agora. Bem, sem visão, audição ou olfato, eu não poderia dizer se não haveria algum nas proximidades, mas até agora ninguém me atacou… Pelo menos por enquanto… Graças a isso, não tenho nada a temer e estou vivendo no silêncio. Essa é a conclusão que cheguei depois de sofrer heroicamente essa agonia (mental).

Não sinto fome, tão pouco preciso dormir.

Sério, meu estômago não precisa de comida e não senti vontade de dormir, em respeito há quantos dias se passaram, eu não poderia te dizer por causa dessa escuridão. Não ouvi aquela voz estranha novamente. Se eu pudesse, não me importaria de jogar um pouco agora. Então… já que não tenho nada para fazer… estou comendo grama.

Como não tenho outra maneira de matar o tempo, estou tranquilamente comendo um pouco de grama. E agora que eu acumulei e dissolvi tanta grama em meu corpo que já não posso senti-la. Se você me perguntar qual é o meu objetivo, eu responderei com muita confiança: nenhum!

Tenho medo de que, se eu não fizer algo, ficarei louco… Acabei me acostumando com a rotina por aqui, primeiro [Absorver], então [Dissolver] e termino com [Armazenar], e assim continuo repetindo o processo. E é aí que eu encontrei um ponto a se questionar. A falta de apetite dá origem a outra questão: e a excreção? É óbvio que a comida não é necessária para esse corpo, mas enquanto à excreção?

A resposta foi… É desnecessário!

Ainda tenho que excretar algo depois de algum tempo, por ser um Slime tudo isso não é tão inesperado que essas coisas sejam desnecessárias, mas, nesse caso, onde tudo isso é [Armazenado]? Pelo que notei, meu corpo não sofreu grandes alterações, então, o que acontece com o que eu como?

<< Solução É armazenado no estômago associado à habilidade [Predador]. Neste momento, menos de 1% está ocupado >>

O que? Uma resposta! Mas desde quando eu usei essa habilidade? Eu selecionei [NÃO], afinal.

<< Solução: Habilidade única [Predador] não foi ativada. As substâncias que entram no corpo são armazenadas automaticamente. Esta função é modificável >>

Eh… As respostas são muito mais suaves agora. Não é que seja importante. Sobre a habilidade, o que acontecerá se eu usar isso?

<< Solução: Os efeitos da habilidade única [Predador] são … Predação: Absorção do alvo dentro corpo. No entanto, se o alvo é consciente, a taxa de sucesso diminuirá grandemente. Alvos afetados incluem matéria orgânica, matéria inorgânica, habilidades e magia. Análise: o alvo é absorvido, estudado e analisado. Então você poderá criar e produzir objetos. Se muitos itens forem coletados, uma duplicata poderá ser produzida. No caso de uma habilidade ou análise mágica forem bem-sucedidas, a mesma técnica pode ser adquirida. Estômago: o alvo pode ser armazenado. Os produtos produzidos também podem ser armazenados. Não há limite de tempo de armazenamento. Mimetismo: Replicar a aparência do alvo. As destrezas e habilidades usadas pelo alvo também poderão ser utilizadas. No entanto, isso depende da análise e aquisição de informações relativas ao alvo. Isolamento: materiais prejudiciais ou desnecessários para análise também podem ser armazenados. Eles podem ser usados ​​para substituir a energia mágica. Estes cinco pontos são o seu poder >>

Eh…? EHH!!!!????

Já faz um tempo desde a última vez que eu não tremia de tanta emoção. De alguma forma, eu só ouvi sobre um poder tão incrível… Essa habilidade incrível nunca esteve nas mãos de um slime antes! Mas espere, antes disso… Essa voz que ouve minhas perguntas (pensamentos), o que é isso? Há alguém ai?

<< Solução: Este é um dos efeitos da habilidade única [Grande Sábio]. Por uma questão de rápida utilização das suas habilidades, foi adicionada uma função de resposta >>

(Shinchan: O cara ganhou um Google dentro da cabeça, que não precisa de internet para funcionar…)

Grande sábio, uh … Um título que eu pensei que me foi dado para me zoar. E pensar que seria algo tão útil agora… De agora em diante, dependerei ainda mais deles. Dito isto, esta é uma situação maravilhosa. Este poderia ser o fim desse isolamento que eu pensava que seria eterno. Talvez essa “voz” seja apenas uma alucinação auditiva que eu produzi. Bem, isso seria bom de qualquer maneira. E, por enquanto, meu coração se sente bastante confortável.

Estado atual:

Nome: Mikami Satoru

Espécie: Slime

Título: Nenhum

Magia: Nenhuma

Habilidades: Habilidade única [Grande Sábio], Habilidade única [Predador], Habilidades de Slime [Dissolver, Absorver, Regenerar].

Resistências: Resistência à variação térmica [EX], resistência à ataques físicos, Resistência à dor, resistência à eletricidade, resistência à paralisia.


NT: Eu irei testando algumas estruturas na tradução, me avisem da qual vocês gostarem mais. E deu um baita trabalho traduzir! Talvez eu poste um capítulo no final de semana…

Os capítulos serão postados aqui na Herói Undead e no meu blog pessoal, você pode acessá-lo clicando aqui.

Att. Shinchan, Tradutor e Revisor da Equipe Herói Undead Novels.

Não esqueça de nos apoiar e deixar os seus comentários!!

 AnteriorÍndice | Próximo

Anúncios

10 respostas em “Tensei Shitara Slime Datta Ken – Capítulo 01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s